SONHANDO OS SONHOS DE DEUS (Mt. 1:18-25; 2:19-23)

SONHANDO OS SONHOS DE DEUS (Mt. 1: 18 a 25 e 2: 19 a 23)

INTRODUÇÃO: Queria refletir hoje a respeito da experiência de José de Nazaré, esposo de Maria e tutor de Jesus, o Filho de Deus, o Verbo que se fez carne e habitou entre nós (Jo. 1:14). Na leitura bíblica que fizemos, percebemos algumas expressões interessantes, que nos levam a afirmar que José de Nazaré sonhou os sonhos de Deus. Nos versículos que lemos, encontramos as expressões: “Em sonho lhe apareceu o Senhor um anjo do Senhor” (Mt. 1:20; 2:13; 2:19 e 2:22.)

Na mensagem de hoje não queremos estudar angelologia, que é o estudo dos anjos, mas há algumas informações que podem nos ajudar: a palavra anjo é uma tradução da palavra grega que significa mensageiro, anjos de Deus alguém que Deus usa para interferir diretamente na vida humana. Estudaremos a vida de José de Nazaré porque é claro um anjo do Senhor apareceu a ele, levando-o a sonhar os sonhos de Deus, por isso a razão do tema acima, mas fica uma pergunta chave: o que temos que fazer para sonhar os sonhos de Deus? Nossa lição central hoje é:

 

SÓ OS SENSATOS SONHAM OS SONHOS DE DEUS

ATITUDES DE UM HOMEM SENSATO QUE  SONHOU OS SONHOS DE DEUS

I- ELE SONHA SEM MEDO (V 20)

Temos que sonhar sem medo

¬  José um homem parecido conosco em humanidade, disposto a enfrentar toda e qualquer adversidade

¬  José era um homem simples, um carpinteiro (Mt. 13:55), que tinha o desejo de constituir família e que estava esperando a sua prometida chamada Maria (V 18)

¬  José quando descobriu que Maria estava grávida, até ponderou em desistir de seu casamento (V 19) por causa do medo da desonra.

¬  O medo nos impede de visualizar o que está à nossa frente, nos enfraquece, nos leva a desistir, distorcer a realidade, a desanimar e não querer mais os sonhos de Deus para nossas vidas (Nm. 13: 31 a 33). Vemos neste contexto que só Josué e Calebe foram os únicos que sonharam os sonhos de Deus porque não tiveram medo (Nm. 14: 7 a 9)

¬  Medo? Temos que excluir essa palavra do nosso vocabulário, pois como o anjo do Senhor disse a José de Nazaré no V 20 “Não tema”, Deus continua nos dizendo o mesmo hoje (Is. 41:10; 43:1 e 5) pois no amor não existe medo (I Jo. 4:18)

 

II- ELE OBEDECE A DIREÇÃO DE DEUS (V 24)

Temos que obedecer a direção de Deus

¬  Deus tem falado conosco nestes dias em relação ao crescimento de sua obra neste lugar,por isso precisamos buscar a concretização dos sonhos de Deus para nós como igreja.

¬  José de Nazaré, para sonhar os sonhos de Deus, obedeceu a direção recebida do anjo do Senhor (v 24) e também quando desceu para o Egito (Mt. 2:14) e posteriormente quando retornou para Israel e depois seguiu para a Galiléia (Mt. 2:21 e 23).

¬  Saber a direção de Deus,  seu plano e propósito é importante, porém temos que obedecer, veja que José de Nazaré não questiona o porque de obedecer, o que vemos é a sua submissão (Dt. 27:10)

¬  José de Nazaré obedeceu a direção de Deus, mesmo que aos olhos humanos fosse loucura, mesmo que isso lhe trouxesse conseqüências desastrosas.

¬   Em Rm. 5:19, Paulo diz que pelo obediência de um, muitos se tornarão justos, pois Jesus foi obediente à direção de Deus até a morte (Fp. 2:8).

¬  José de Nazaré obedeceu, portanto devemos lembrar que se tivermos que dar um passo só devemos fazê-lo se a nuvem de Deus se levantar, se isso não acontecer fique esperando em obediência a direção de Deus (Ex. 40:36-37)

 

III- ELE CONFIA NUM DEUS QUE REALIZA SONHOS (V 22-23)

Temos que confiar em Deus que realiza nossos sonhos

¬  José de Nazaré nos faz enxergar a confiança de um homem em Deus, mesmo em meio as dificuldades (Sl. 125:1).

¬  Quando formos tentados a pensar que Deus esquecera de nós devemos lembrar que José, Maria e Jesus ao irem para a Galiléia (V23) viram cumprir-se o que fora dito pelo profeta (Is. 11:1), porque confiaram em Deus.

¬  Antes de Maria Sonhar em ser mãe, José sonhar em assumir a paternidade do Filho de Deus, de passar por tudo o que passou, antes do evangelista Mateus escrever sobre o cumprimento do que havia sido profetizado, Deus havia sonhado esses acontecimentos. Por isso quando nós sonhamos é apenas um sonho, mas quando Deus sonho é o sonho.

¬  Confiar que Deus vai cumprir os sonhos reservados para nós é a chave para a realização desses sonhos (Música de Ludmila Febber) (Sl.37: 3 e 4; 40:1; 55:22).

¬  Inúmeras pessoas na bíblia confiaram seus sonhos a Deus:

- Ana confiou que Deus realizaria seu sonho de ser mãe (I Sm. 1: 9-17), nove meses depois nasceu Samuel (I Sm. 1:20)

- Neemias também confiou a Deus a realização do seu sonho de construir os muros de Jerusalém (Ne. 2:5), Deus realizou este sonho pois Neemias reconstruiu os muros (Ne. 6: 15-16). O que José de Nazaré, Ana e Neemias tinham em comum? Eles confiavam em Deus.

 

CONCLUSÃO: Sonhar é preciso, mas temos que sonhar os sonhos de Deus para as nossas vidas, realmente o que precisamos é da graça e do toque de Deus para deixarmos o medo de lado, nos colocarmos nas mãos de Deus e obedecermos a todas as orientações que ele nos der, confiando que é Ele quem vai realizar esses sonhos. Que Deus nos abençoe e nos ajude em nossa caminhada e assim sonharmos os sonhos dEle para nossas vidas, família, igreja e célula. Em nome de Jesus amém!!!

Pr. Carlos Norberto da Silva

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam