ENXERGANDO COM DEUS II Rs. 6:8-23

ENXERGANDO COM DEUS (II Rs. 6:8-23)

INTRODUÇÃO: “A maneira como enxergo determinadas situações afetará a minha vida e comunidade tanto positiva como negativamente” É preciso que desenvolvamos e tenhamos uma visão em sintonia com a visão de Deus, pois caso contrário vamos colher danos terríveis em nossa jornada peregrina neste mundo. (o ex. do jovem que quis casar com uma capetinha). Ter uma visão espiritual que enxergue as coisas do jeito que Deus enxerga deve ser nossa maior obsessão em contraste com as vezes que tomamos decisões precipitadas e fazemos as coisas do nosso jeito em revelia com a vontade de Deus. Aprendemos com Eliseu no contexto desta mensagem que precisamos desenvolver intimidade com Deus para termos uma visão espiritual diante das situações e por isso nossa frase de aprendizado neste texto hoje é:

HÁ SEMPRE UMA SOLUÇÃO DIANTE DOS PROBLEMAS PARA

UM HOMEM DE DEUS COM A VISÃO ESPIRITUAL DE DEUS

 

AÇÕES DE UM HOMEM DE DEUS COM A VISÃO ESPIRITUAL

DE DEUS NA SOLUÇÃO DE PROBLEMA

I-ENXERGAM MUNDOS DIFERENTES (V 15-16)

  • A visão de Eliseu é totalmente diferente da do seu servo (homem carnal e homem espiritual)     “Uns enxergam o caos, outros enxergam o céu” (I Co. 2:14-16)
  • O desespero e a desesperança são marcas latentes naqueles que estão com a visão fechada para o agir de Deus (Marta/Maria p/ com Lázaro) (Jo. 11:32-33)
  • Só uma visão clara da ação de Deus nos possibilitará a vivermos de forma corajosa (II Tm. 1:7)
  • Sua visão espiritual faz com que você enxergue soluções em meios às questões emblemáticas da vida?

II-ORAM DE FORMA IMPERATIVA (V 17-18)

  • A oração de Eliseu tem certos aspectos extremistas que mostram seu profundo senso de comunhão com Deus (Jesus nos manda orar pelos que nos perseguem) (Mt. 5:44)
  • O que se percebe claramente na narrativa é o poder de abrir e fechar concedido graciosamente ao nosso ousado profeta pelo Senhor, (ligar e desligar, buscar e achar Mt. 18:18)
  • Bem como de conceder ao mesmo aquilo que ele pedia ao Senhor em oração (Sl. 2:8)
  • Sua atividade de oração tem sido marcada por fé e ousadia diante dos aparentes problemas?

III- SÃO ESTRATEGISTAS NO TRATO COM AS DIFICULDADES (V 19-21)

  • A estratégia de Eliseu soa como uma emboscada bem intencionada (o exemplo de Deus tratando com Jonas; Jn. 1:17)
  • A atitude de Eliseu nos mostra uma alternativa bastante singular e sábia para tratar com gente má intencionada (I Pe. 2:15)
  • Às vezes quando os olhos dos cegos e insensatos são abertos pode parecer tarde para sair do buraco, porém é Deus quem usa de misericórdia
  • Suas estratégias no trato com as dificuldades tem sido algo direcionado por Deus e seguro?

IV- USAM DE COMPAIXÃO PARA PROMOÇÃO DA PAZ (V 21-23)

  • A bondade e misericórdia sempre será o melhor caminho para se promover um ambiente de  paz e diplomacia (Cl. 3:12)
  • As nossas ações de serviço aos inimigos são uma demonstração clara para mostrarmos que enxergamos como Deus enxerga (I Pe. 2:20)
  • Quando pagamos o mal com o bem colhemos no futuro um ambiente totalmente seguro no aspecto relacional (Pv. 17:13; I Pe. 3:9)
  • Sua reação contra pessoas opositoras tem sido desenvolvido dentro de um ambiente de paz e amor?

CONCLUSÃO: De que forma você tem enxergado certas situações desgastantes no contexto da vida? Sua vida de oração aponta para o lado operacional da soberania de Deus? Que tipo de ações estratégicas você tem usado para lidar com problemas?Como você tem reagido aos seus opositores ou pessoas contrárias ao seu modo de viver?

Pr. Carlos Norberto da Silva

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam