AS BÊNÇÃOS DA BATALHA (II Co. 4:7-15)

INTRODUÇÃO: Um dos textos mais significativos da Bíblia que mostra que a vida independente do que sejamos e tenhamos não é somente feita de coisas boas e agradáveis, mas também aqueles que são altamente tensos e delicados em termos de dificuldades e adversidades. Ninguém está imune a não passar por momentos difíceis em sua trajetória existencial, porém para aqueles que conhecem o Senhor tais momentos são encarados de forma bem diferente. Paulo teve experiências muito difíceis e delicadas em sua vida de serviço ao Senhor, e ele mesmo nos estimula a não ignorarmos o aspecto estrutural de nossa existência nos acenando para a uma maneira melhor de como ver, enxergar e agir diante das dificuldades. Enxergamos na experiência apostólica muitas facetas relacionadas a provações que são verdadeiras a respeito de todos aqueles que querem servir ao Senhor. Qualquer um que queira abrir a sua boca para testemunhar sobre Jesus estará sujeito a todo tipo de conflito conforme os mencionados por Paulo nestes versículos. Aprendemos com o Apóstolo que é preciso existir uma harmonia equivalente entre batalha e benção para vivermos o ideal de uma vida relacional aprovada com Senhor.

SÓ QUEM VIVE A VIDA COM CRISTO SABE HARMONIZAR BATALHA COM BÊNÇÃO

EXPERIÊNCIAS VIVIDAS POR PAULO QUE COMPROVAM ESTA HARMONIZAÇÃO

I- A FRAGILIDADE DA VIDA – (V 7)

✔A POBREZA E OS REFLEXOS NA VIDA DE PAULO

  • Fragilidade comparada com algo de grande sensibilidade (vaso de barro).
  • Fragilidade demonstrada com simplicidade e debilidade.
  • Fragilidade evidenciada na inconsistência do conhecimento (A posição Paulina de si mesmo). (Fp 3:8)
  • Fragilidade comprovada pelo desejo de ser apenas um servo do povo de Deus (graça de Deus). (Ef 3:8)
  • Fragilidade mostrada pelo fato de sua confiança e suficiência virem totalmente de Deus. (II Co 1:9, 3:5)
  • Fragilidade no fato de reconhecê-lo como o doador do poder que transforma os simples em poderosos instrumentos de sua graça mediante ação do Espírito Santo.
 II- A PERPLEXIDADE DA VIDA – (V8-10)

✔O LADO DIFÍCIL DESTE SENTIMENTO

  • Perplexidade que mostra o seu lado extremamente difícil para estar ao lado de Deus.
  • Perplexidade constante no estar desprovido de recursos de todos os tipos (Fp 4:11-12).
  • Perplexidade sem fim no sofrer perseguição de forma hostil no mundo (Jo 16:33).
  • Perplexidade que produz abatimentos que tentam nos derrubar da graça (prostrar). (Sl 42:11).

✔O LADO ALTRUÍSTA DESTE SENTIMENTO

  • Perplexidade que sucumbe com a realidade da libertação diante de cada ataque (Sl 121:1).
  • Perplexidade que não angustia por colocarmos a nossa confiança em Deus (Sl 46:1).
  • Perplexidade que não produz desânimo, porque a nossa esperança esta no Deus que não muda (Rm 5:5).
  • Perplexidade diante da perseguição sem o sentimento de desamparo (abandono) (Mt 28:20).
  • Perplexidade que não nos pode destruir porque em Cristo temos a vida eterna (Jo 17:3).
 III- OS BENEFÍCIOS DA VIDA – (V11-15)

✔NOS EXEMPLOS DA VIDA DE PAULO

  • Benefícios que vem do exemplo no ato de dar porque primeiro recebemos. (Jo 10:11)
  • Benefícios que na percepção Paulina consistia na entrega para servir a Deus servindo ao povo(v11, At 20:24)
  • Benefícios que consistia na pregação do evangelho, conversão e salvação do perdido. (Rm 1:16)
  • Benefícios que produzem o louvor e a glória para Deus o salvador. (V15)
  • Benefícios que conduzem a esperança e a benção final aguardada por Paulo e por todos os crentes (Ressurreição) (Fp 310)

CONCLUSÃO:

✝ Você se considera como um mero vaso de barro simples e frágil em sua estrutura conforme descrição de I Co 1:26-29?

✝ Você tem consciência de que o servir a Jesus implica na realidade da perseguição e sofrimento como experiência normal de vida conforme lemos em II Tm 3:2?

✝ Você vive na dimensão daquele que não está sozinho, que não é desamparado e nem abandonado conforme promessa feita pelo próprio Senhor em Hb 13:5b?

Precisamos como Paulo aprender o caminho da dedicação e rededicação das nossas vidas a Deus. Assumir uma atitude de verdadeiros servos dos irmãos e nos empenhar em proclamar a mensagem de salvação em Cristo. Quanto mais pessoas convertidas e nascidas do Espírito Santo, mais ações de graças para Deus e maior exaltação de sua glória. Que Ele nos ajude!!!

 

Pr. Carlos Norberto da Silva

 

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam