DISCIPULADO COM ATITUDE (Fp. 2:12-18)

INTRODUÇÃO:Meus queridos irmãos penso que ao mesmo tempo em que seja oportuno mais uma vez falarmos sobre fórmulas para termos uma vida que seja melhor com Deus e com o seu reino, é também desagradável saber que grande parte daqueles que estão aqui e que ouvirão este sermão não vão dar a mínima importância e consequentemente não reagir na sua caminhada de vida espiritual, por isto julgo que a missão do Espírito Santo hoje tenha um papel mais do que preponderante em conduzi-lo ao convencimento de uma mudança de comportamento que seja radical. A palavra de Deus nos chama a vivermos um cristianismo de renúncias e que seja radical e sem lugar para desânimos e inversão de valores (LC 14:33). Ao olharmos para o texto em foco hoje podemos constatar que para ser discípulo de Jesus não basta ser religioso, é necessário ter atitude, comportamento este que vem por meio de uma mudança de mentalidade (Rm 12:2). Nossa proposta hoje é trabalharmos com a ideia de discipulado com atitude a parir da experiência de Paulo descrita aqui.

UM DISCÍPULO COM ATITUDE POSSUI MARCAS PROFUNDAS EXPRESSAS NO SEU TESTEMUNHO CRISTÃO

MARCAS EM UM DISCÍPULO COM ATITUDE EXPRESSAS NO SEU TESTEMUNHO CRISTÃO


I- SUA ASSOCIAÇÃO COM DEUS- (V12-13)
  • Que é resultado direto de postura obediente. (…sempre obedecestes…) – Rm 6:16
  • Que evidência a salvação com temor e tremor. (…desenvolvei a salvação com temor e tremor…)
  • Que produz espiritualidade com responsabilidade. (…é Deus quem produz o querer e o realizar…) – I Co 3:9
  • Que gera assim a vontade segura e soberana de Deus na vida. (…segundo a sua boa vontade.) – Cl 4:12
  • Um discípulo com atitude estará sempre associado com Deus em relação à sua vida de devoção.
II- SEU TESTEMUNHO EXEMPLAR – (V14-15)
  • Que se manifesta pelo comportamento da não murmuração. (…fazei tudo sem murmuração…) – Tg 5:9
  • Que também se evidencia contra todo tipo de contendas e discussões. (…nem contendas…) – II Tm 2:24
  • Que gera assim um caráter irrepreensível, sincero e íntegro. (…torneis irrepreensíveis, sincero e íntegros…) – I Pe 2:12
  • Que brilha no meio de uma geração corrupta e pervertida. (no meio de uma geração corrupta e perversa…)
  • Um discípulo com atitude sempre têm um testemunho exemplar e aprovado.
III- SEU TRABALHO EFICAZ – (V16-18)
  • Que começa com o ato prioritário do governo da palavra. (…retendo a palavra…) – II Tm 2:15
  • Que focaliza o dia de Cristo com alvos muito claramente definidos. (…no dia de Cristo não corri em vão) – I Co 9:26-27
  • Que se conduz com chances de encarar possíveis martírios e sacrifícios. (…seja oferecido como sacrifício) – II Tm 2:15
  • Que celebra a conquista daquilo que era o alvo do dever a cumprir. (…alegro e me congratulo…) – Jo 19:30
  • Um discípulo com atitude é sempre eficiente naquilo que se dispõe a fazer.
IV- SUA ALEGRIA CONSTANTE – (V17-18)
  • Que se manifesta em meio aos momentos de desconfortos da vida. (…mesmo que seja sacrificado eu me alegro…) – Tg 1:2
  • Que é motivada pela atitude de devoção dos outros. (..sobre o sacrifício e serviço da vossa fé…) – Cl 1:24
  • Que deve assim consequentemente contagiar a todos os irmãos. (…alegrai vos e congratulai vos comigo) – Jo 16:22
  • Um discípulo com atitude tem seu estado emocional sempre estável, independente das dificuldades ao seu redor.

CONCLUSÃO:

  1. Sua caminhada com Deus é um fato e tem sido realizada de forma associada com Espírito Santo?
  2. Seu testemunho por meio de reações comprovam sua fidelidade e compromisso como luz neste mundo?
  3. Você exerce algum trabalho que seja eficaz para Deus e seu reino no atual momento?
  4. Seu estado de espírito tem se manifestado de forma alegre e estável mesmo diante das adversidades da vida?

Pr. Carlos Norberto da Silva

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam