UMA FÉ QUE DÁ PRAZER A DEUS – Hb. 10:35 a 11:1

UMA FÉ QUE DÁ PRAZER A DEUS
(Hb 10: 35 A 11:1)

INTRODUÇÃO: Há na vida alguns acontecimentos que geram grande prazer em nós, momentos, experiências e situações que produzem uma gana de satisfação em nossa realidade de vida, coisas que não queremos que acabe, enfim são momentos que gostaríamos que perpetuassem regularmente a nossa vida. Assim como nós, Deus também é um ser que sente prazer em algumas experiências no âmbito da vida, que envolvem seus filhos. Quando olhamos para a porção bíblica em foco, enxergamos um Deus que sente satisfação quando seus filhos respondem positivamente com sua crença as realidades concernentes ao modo operante da vida espiritual. Isso gera prazer em Deus e é por isso que a nossa lição de hoje é que:

O PRAZER DE DEUS É A FÉ DO JUSTO

CARACTERÍSTICAS NA FÉ DO JUSTO QUE É O PRAZER A DEUS

I-    O JUSTO NÃO IGNORA O TEMPO DE DEUS (KAIRÓS) (V 37)

  •  O justo fixa um olho aqui e outro na eternidade (II Co 4: 17 e 18)
  • O justo busca viver uma esperança viva sem vacilo (Hb 10:23; Sl 37:31)
  •   O justo está inteirado com precisão a respeito do tempo de Deus (I Ts 5: 1 e 2)

II-    O JUSTO NÃO SE CONDICIONA AO RETROCESSO (V 38)

  • O justo tem como objetivo principal uma dinâmica de fé ativa no seu viver (Hb 11:6)
  •  O justo nunca negocia com a desistência, sua vida sempre é dirigida por Deus (Fp 2:13)
  • O justo tem um propósito de vida cujo fim é o agradar a Deus (Ne 2:20)

III-    O JUSTO NÃO SE RELACIONA COM OS PERDEDORES (V 39)

  •  O justo tem uma vida centrada no alvo que é Jesus Cristo (Lc 9:62, Fp 3:14)
  • O justo reafirma sempre a sua fé como elemento conservador da vida (Hb 4:14, 10:19 a 22)
  • O justo faz parte da legião dos salvos e vencedores de Deus (Rm 8:37) (Ap 2:17; 3:5, 3:21)

IV-    O JUSTO ESPERA O QUE NÃO SE VÊ (V 1)

  • O justo tem sua caminhada pautada no sobrenatural (II Co. 5: 6 e 7)
  • O justo vive o real de Deus e não a ilusão da ótica humana (Tg 2:5, Mc 8:36)
  • O justo tem como esperança primária o reino invisível e inabalável (I Co 2:9, II Pe 3:13)

CONCLUSÃO: Qual é o tipo de fé que você tem desenvolvido no âmbito da vida cristã? Qual é a visão que você desenvolve em relação ao tempo do manifestar de Deus? Você é daqueles que pautam o funcionar de sua vida focada no sucesso e não no retrocesso? Que tipo de influência os pessimistas e os perdedores têm exercido sobre sua vida? Sua fé é aquela que espera o que não se vê, ou ao primeiro sinal de provação profunda você é daqueles que sai a reclamar e murmurar? Sua fé tem dado prazer a Deus?

Pr. Carlos Norberto da Silva

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam