Devemos orar por todos os homens

O poder dado por Deus a todos os homens, a força da oração…
A prática de oração (2:1-8). Visto que Timóteo precisava de firmeza na luta contra falsa doutrina (1:3-20), Paulo o exortou que começasse “antes de tudo” orando (2:1). Jesus falou muito da importância de oração (veja Lucas 18:1-8)Depois que João foi preso, Jesus foi para a Galiléia, proclamando as boas novas de Deus.
Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.
Ele disse: “Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com os homens.
E havia naquela cidade uma viúva que se dirigia continuamente a ele, suplicando-lhe: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário’.
“Por algum tempo ele se recusou. Mas finalmente disse a si mesmo: ‘Embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens,
esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha me importunar’ “.
E o Senhor continuou: “Ouçam o que diz o juiz injusto.
Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar?
Eu lhes digo: ele lhes fará justiça, e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra? “

, e oração constante é evidente nas vidas dos seus discípulos (veja Atos 1:12-14).
Então eles voltaram para Jerusalém, vindo do monte chamado das Oliveiras, que fica perto da cidade, cerca de um quilômetro.
Quando chegaram, subiram ao aposento onde estavam hospedados. Achavam-se presentes Pedro, João, Tiago e André; Filipe, Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, Simão, o zelote, e Judas, filho de Tiago.
Todos eles se reuniam sempre em oração, com as mulheres, inclusive Maria, a mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus.

Paulo coloca em exortação as formas de orações que Timóteo devia praticar.
orações: palavras direcionadas a Deus. A oração é uma conversa com o Pai celeste, o Criador do universo.
ações de graças: agradecimento por tudo que Deus já fez.
súplicas: pedidos específicos, baseados em necessidades. Timóteo precisava de coragem para pregar apenas a verdade.
intercessões: pedidos em favor de outras pessoas. O cristão tem acesso ao Pai através de Jesus (veja Romanos 5:2; Efésios 2:18 e 3:12) e deve ajudar aos outros que estão perdidos.
por meio de quem obtivemos acesso pela fé a esta graça na qual agora estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.

Efésios 2:18 3:12
pois por meio dele tanto nós como vocês temos acesso ao Pai, por um só Espírito.
por intermédio de quem temos livre acesso a Deus em confiança, pela fé nele.

Paulo também menciona que as orações devem ser feitas especificadamente em favor das autoridades, a oração certa não pensa em si só, mas sim, em favor dos outros.
Orando “antes de tudo” daria a Timóteo a perspectiva certa. Ele não precisava lutar para defender a si mesmo, mas para defender a verdade de Deus, a testemunha do sacrifício de Jesus “por todos” (2:5-7). Falsos mestres lutam contra Deus e não contra evangelistas. Por isso, é necessário que os homens orem em santidade, “sem ira e sem animosidade” (2:8). A oração certa é feita para salvação e não para condenação.

Deriton Lopes.

Fontes: Método indutivo, Carl Ballard, Liderando com o Coração e o Coração do Artista.

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam