DEFININDO ORAÇÃO – I Jo. 5:13-15

DEFININDO ORAÇÃO

(I Jo. 5:13-15)

 

INTRODUÇÃO: Quando se fala em oração talvez a ausência de oração não seja somente o maior problema de muitos cristãos nos dias de hoje, penso que a forma como se ora hoje tenha se tornado naquele que julgo o maior obstáculo para se orar corretamente, a motivação correta tem sido o grande desafio da oração para a cristandade em todas as épocas e é por esse motivo que os discípulos pediram a Jesus que os ensinassem a orar (Lc. 11:1) A oração é um exercício vital da caminhada cristã, sem ela não há fé, comunhão com Deus, direção e solução dos embargos da vida e também não há cristianismo. Jesus nos interpela afirmando que a oração é uma obrigação do caminhar cristão (Lc. 18:1). Neste texto aprendemos que Deus age com base numa oração com motivação correta e não no fato de orarmos pensando somente no nosso individualismo egocêntrico; aprendemos aqui sobre o conceito de Jesus sobre oração e como devemos vive-la no exercício da caminhada.

 

A AÇÃO DE DEUS É RESULTADO DA VERDADEIRA MOTIVAÇÃO DO CRISTÃO NA ORAÇÃO

 

DEFINIÇÕES SOBRE ORAÇÃO EM CRISTÃOS COM VERDADEIRA MOTIVAÇÃO

(QUE PRODUZIRÁ A AÇÃO DE DEUS)

 

I-                   ORAÇÃO É UMA ATITUDE DE APROXIMAÇÃO (V 14)

ü  Que sempre exigirá o uso contínuo do dom da fé (Hb. 10;21-22)

ü  Que apontará necessariamente para a fonte de nossa busca (Tg. 1:17; Jo. 3:27)

ü  Que requer intimidade interativa para com Deus (Tg. 4:8a)

ü  Por isso a direção para se ter uma vida de oração bem sucedida passa primeiro sempre pela atitude de aproximação.

 

II-                ORAÇÃO É UMA ATITUDE DE ACORDO (V 14b)

ü  Que sempre precederá um pedido de necessidade específica (Tg. 5:13-14)

ü  Que requer também harmonia com a vontade soberana de Deus (Tg. 4:3; Rm. 8:26-27)

ü  Que contempla com certeza a atenção dos ouvidos de Deus (Sl. 116:1-2)

ü  Portanto o caminho para a oração bem sucedida é o estar sempre em sintonia com a vontade soberana de Deus.

 

III-             ORAÇÃO É UMA ATITUDE DE SABEDORIA (V 15)

ü  Que repousa na certeza do ouvir de Deus (Jr. 33:3)

ü  Que abrange uma dimensão ampla da ação de Deus (Jo. 14:13-14)

ü  Que resulta na obtenção de tudo o que pedirmos (Mt. 7:7-8)

ü  Por esse motivo uma oração bem sucedida exige uma pronta atitude de sabedoria

 

CONCLUSÃO: Qual tem sido a sua atitude em relação a atividade da oração? Sua motivação tem sido correta? Há aproximação constante sua até a presença do Mestre? Sua oração visa a glória de Deus ou a sua promoção? Você ora de acordo com o querer dEle ou o seu? Há sabedoria na forma como você se relaciona em oração com Deus?

Pr. Carlos Norberto da Silva

Leave a Reply

  

  

  

Protected by WP Anti Spam